Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por um outro lado

Escritora frustrada. Mãe babada.Trapalhona por excelência. Gaja a quem tudo acontece. Adora escrever e fotografar sobre isso, apesar do jeito duvidoso. Experimentou Um lado. Agora, experimenta Por Um Outro. Será o avesso o lado certo?

Por um outro lado

Chegou a hora do Olá!

Chegou a hora do adeus… Aiii!!! Espera! Que isto é uma música. E, não é esta que eu quero. Chegou a hora do “Olá!”... Esta música existe?

 

OLÁ!

 

Cheguei a uma fase da vida em que posso afirmar que não percebo nada do que move as pessoas. Não consigo entender. E, olha que tenho esgotado mais neurónios com isto, do que sei lá o quê.

 

Não faço a mínima ideia do que tu procuras quando abres esta caixinha mágica e vês o doodle da página mais visitada do mundo a olhar para ti.

Ela não não se mexe sozinha. Quer dizer, os doodles mexem-se se carregares em cima. Mas, mais uma vez precisas de um comando. Precisas escrever para onde queres ir.

 

Espero que queiras vir aqui. Muitas vezes. Tantas quantas achares que deves… e, mais umas quantas, só porque sim. E, não porque eu perceba alguma coisa disto.

 

Percebo tanto disto como de escrita, de agricultura, ou de fotografia. Mas, sei que a vida é feita de movimento. Por isso, vou aplicar o princípio da inércia. Dou um empurrãozinho a ver para onde o balanço me leva.

Carreguei no botão. Por isso…

 

OLÁ!

 

(Adoro gelados. Mas isso, neste momento, não interessa quase nada.)

 

Sejam bem-vindos ao 'Por Um Outro Lado'. Já experimentei Um lado. Agora, é tempo de experimentar O outro.

Não. Não é o lado negro da força.

Um outro. Tão estranho para mim como escrever sobre futil-o-trivialidades.

E, como não sou gaja de muitas futil-o-trivialidades, vou antes começar por aquilo que sei:

 

Amores, Maternidade, Trabalhos, Viagens e o dia-a-dia de uma gaja obssessivo-compulsivo-depressivo… carregada de piadolas secas e um sem fim de perguntas existenciais. Perdoem-me, mas eu vou colocá-las mesmo.

 

Podem ler mais qualquer coisita sobre mim aqui mas, não muito mais que o segredo é a alma do negócio… segundo ouvi dizer.

 

Por um outro lado

Sejam bem-vindos ao 'Por um outro lado'

Ora, sejam bem-vindos ao 'Por um outro lado'.

Bem-vindo.jpg

 

 

E, para festejar, ofereço um copo de água e um palito.

 

Para ser sincera, não sei bem para que é este blogue. Talvez para extravasar as minhas parvoíces. Talvez para partilhar as minhas vergonhas. Não, não vou publicar fotos das minhas vergonhas, mas vou partilhar as minhas idiossincrasias e cenas que me acontecem no dia-a-dia.

 

Sou uma escritora frustrada. Mãe babada. Trapalhona por excelência. Uma gaja a quem tudo lhe acontece, e que adora escrever sobre isso... e fotografar, sempre que possível. Apesar de ter um jeito duvidoso para ambas as actividades. Experimentei Um lado. Agora, experimento Por Um Outro. E, pergunto-me se, será o avesso o lado certo?

 

Às vezes, não sou a lâmpada mais acesa do candeeiro. Nem a mais perspicaz. Nem a mais engraçada. Sou aquela que se engana, e não engana ninguém. Porque isto de publicidade enganosa é que deixa as vergonhas à mostra.

 

Gaja, fiel aos meus princípios, aviso:

 

Neste blogue escrevem-se palavrões.

Mas, só quando são estritamente necessários. As minhas desculpas ficam, desde já, oferecidas.

 

Neste blogue escrevem-se asneiras e verdades.

As minhas, que são tudo o que posso oferecer.

 

Neste blogue escrevem-se parvoíces.

Todas as que me ocorrerem ou percorrerem o meu campo de visão.

 

Neste blogue escrevem-se opiniões.

Que são como os traseiros. Cada um tem o seu…

 

Neste blogue não se aceitam comentários anónimos nem conversas da treta.

Conversas de ódio não são para aqui. Todos os comentários são moderados (digo eu, cheia de esperança, uma vez que não sei se configurei isto como deve ser).

 

 

Apesar de não saber bem para que é este blogue, sei que quero entreter-vos. De piadola seca em riste, munida de trapalhices várias, e determinada em partilhar o que vejo por aí.

 

Dou-vos as boas-vindas ao 'Por um outro lado' e faço aqui a visita guiada aos seus meandros.

 

Escrevo sobre: Amor. Maternidade. Lições de vida. Passeios. Livros. Família. Música. Trolhices e Trapalhices várias.

 

Vão encontrar as minhas parvoíces organizadas (porque parvoíces querem-se organizadas) em:

 

#diários de uma escritora frustrada…

#aquele momento em que… para cenas tristes da vida

#sou mãe… e o que é que eu percebo disto?

#cenas do arco da velha…

#amor-próprio… mas alguém tem a auto-estima no sítio?

#fragmentos do dia… em fotografia.

 

 

Também fotografo cenas giras… e com tags engraçadolas. Sigam-me no Instagram e vejam todas as fotografias por lá. 

 

Mando bitaites no Twitter.

 

Se aguentarem mais uma rede social, sigam a página de Facebook.

 

E, claro, subscrevam por e-mail, na caixinha ali em cima.

 

Sejam Bem-vindos ao 'Por um outro lado'.

 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D