Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Por um outro lado

Escritora frustrada. Mãe babada.Trapalhona por excelência. Gaja a quem tudo acontece. Adora escrever e fotografar sobre isso, apesar do jeito duvidoso. Experimentou Um lado. Agora, experimenta Por Um Outro. Será o avesso o lado certo?

Por um outro lado

#Cenas do arco da velha… Conhecem os passaralhos?

gaivota.jpg

 

São andorinhas?! São aviões?! São Pássaros?! São os Super-Passaralhos!

Coisas grandes a voar? É o Hummer de todos os passaralhos: Gaivotas.

 

De onde vêm? Para onde vão? De e para lado nenhum. Vivem nos telhados da periferia industrial. Vivem do lixo acumulado no espaço abandonado, nas ruas, à beira das estradas...

 

O que fazem?

Voam e... cagam. Pilhas de merda em quantidade industrial.

 

São bandos de gaivotas que, quando se juntam à beira dos caixotes do lixo, ninguém se atreve a passar perto... É que, não sei se já viram bem, o tamanho deste animal. E, quando se juntam, cobrem a estrada. Não sei se disse mas... não, não vivo na praia. Numa vivenda, voltada para o mar, concedia que o meu quintal e o delas fosse o mesmo. Assim, é vê-las a cagar na minha areia (sem praia).

 

A parte boa disto?

 

Os pombos também se borram todos... de medo. É vê-los debandar por respeitinho aos maiores com penas. Porque connosco, meros humanos, cagam-nos em cima mesmo.

 

O flagelo da saúde pública moderna são pilhas de dejectos em todo o lado. Na roupa, nos sapatos, no cabelo (quando calha), em casa, na varanda, nos carros e nas ruas. Com tudo o que isso traz... Montes de bactérias resistentes a antibióticos. Fazem parte do mundo animal. Aqueles que não são selvagens nem domésticos. Os necrófagos cá do sítio... só lhes falta organizarem-se, para nos fazerem um manguito, enquanto nos cagam em cima.

 

E, não é um problema de Lisboa. No Porto também andam à turra com elas, como podem ler aqui, e noutras cidades também.

 

Alguém dizia "Se eu descubro o cabrão do velho que lhes dá de comer..."

Aqui, difícil é descobrir aquele que não os alimenta...

 

Por um outro lado

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D